Amigos Nada Virtuais

10 setembro 2010

Aprendendo a dançar

Foi tão de repente que nem percebeu!
Chegou um dia antes  de seu aniversário e o panorâma era o seguinte:
  • Longe da família;
  • Separada;
  • Desempregada;
  • Morando com amigos!
Animador! Decidiu visitar a família e despedir-se de sua avó!
Conversou, sorriu, chorou um pouco e retornou a sua realidade!
A frase que não conseguia esquecer era: " Nunca consegui te amar.
Tentei, mas é difícil."
Essa "verdade" de nunca poder ser amada desatinou a Mocinha por algum tempo. Mas a vida foi ensinando seu ritmo, sua dança e ela começou a perceber que a vida não poderia seguir se antes não perdoasse, ou ao menos desculpasse, as infâmes ditas no fim.
Embalada pelo recomeço e por novas oportunidades seguiu.
Hoje, após um ano, pôde ver aliviada que seu novo balanço é mais interessante que o anterior:
  • Sem culpas;
  • Apaixonada;
  • Trabalhando;
  • Mais Amigos.
Nada como um dia após o outro! Nada como um ano após o outro! Uma breve noite de bom descanso e lá vem a resposta, a santa solução para nossos irreparáveis problemas!
Por hoje, feliz aniversário Mocinha! E ano que vem não esqueça de deixar um novo  balanço em minha mesa!

Um comentário:

  1. Nada como um dia após o outro :D
    feliz aniversário querida!
    bjuu grande no S2.

    ResponderExcluir

O que mais brilhou